segunda-feira, 7 de abril de 2014

DIVIDINDO HISTÓRIAS DE HIPOGLICEMIA NO FACEBOOK

Olá,

Hj estava olhando o Face e reparei que tem muita gente com HISTÓRIAS DE HIPOGLICEMIA para contar. Usar a rede de relacionamento para descrever o que acontece com a gente nos acalma e nos conforta. Tem mais gente vivendo nesta onda louca da insulina....açúcar....insulina....açúcar. Tem mais gente que vive tendo hipos cada vez mais estranhas ou não. Gente que se acostuma, que lida bem. Gente que se assusta e assusta quem está perto. São momentos estranhos e próprios de nossa rotina. Quem não é diabético não se preocupa com isso....a não ser que decida não comer nada. Aí pode até ter uma hipo mas o corpo geralmente é inteligente e reduz a insulina "automaticamente". Nós, não. Enchemos o tanque todos os dias e nossa viagem durante o dia é cheia de curvas, desfiladeiros, momentos deliciosos, estresse, falta de tempo, corrida, compromissos....enfim...às vezes a hipo nos pega desprevenidas. E aí...toma-lhe açúcar e tudo se normaliza.  

Mas até que isso aconteça...precisamos ficar atentas aos sintomas que cada vez são mais diferentes, estranhos e assustadores. Ontem está chegando a 53 deitada na cama...a ideia era não sair mais de lá...prostração .....preguiça.....o que era aquilo que não me deixava sequer levantar. Acho que demorei uma hora para sair de lá e fazer o teste. E ninguém em casa percebeu. Meus filhos, cada um conectado a um aparelho. Meu marido dormia ao meu lado. Enfim.....somos nós e nós mesmos. Estou pensando em treinar minha cachorra para me avisar quando eu estiver tendo uma hipo....é um projeto....ainda nem comecei a treinar ela. 

Mas o bom é entrar no Face e ver relatos como este da Kath hoje:

Sábado minha sobrinha de 10 anos presenciou eu tendo uma hipo de 44mg/dl ,viu o Anderson me ajudando já q fiquei desacordada...
Hoje tive uma hipo de 42 mg/ dl ,ela estava ao meu lado e de repente me disse :
-Tia como uma hipo de 44 te derruba e uma de 42 não?
Coisas q não sei explicar...

E nos comentários....vários outros relatos de experiências com a hipoglicemia:



Sim. A rede nos une!

Um beijo em todas!!!

Sheila

Um comentário:

Jornalista de Saia disse...

Oláaa, estou divulgando uma pesquisa, que faz parte de um projeto muito interessante na Universidade Federal do ABC. Este projeto visa contribuir com o desenvolvimento tecnológico em prol do bem estar do diabético com melhorias no tratamento, incentivando colegas e professores doutores a pesquisar e dar continuidade no desenvolvimento de tecnologias que já estão em estudo na UFABC.
Então já que você é portador do Diabetes Mellitus tipo 1 e residente no estado de São Paulo, peço que invista menos de 5 minutos para responder esse questionário, ou por gentileza compartilhe no seu blog, se possível.

Obrigada.

https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?fromEmail=true&formkey=dGNPanFfY0JzR2tRWTFhSGtwWlVFeHc6MA